M.Libânio - Agrícola S.A

Enteprise


  • Imagem 1
  • Imagem 2
  • Imagem 3

A M. Libânio se constitui de 2.298 hectares de áreas não contíguas, distribuídas em 13 fazendas, localizadas em quatro municípios do Estado da Bahia-Brasil (Gandu, Wenceslau Guimarães, Nova Ibiá e Ibirapitanga).

Possui 627 hectares de cacauais, 42 hectares de seringueiras, 360 hectares de pastagens, 31 hectares de espelhos d’água e 39 hectares com outras culturas e benfeitorias. Os 1.199 hectares restantes são ocupados por florestas preservadas da Mata Atlântica Original.

Os espelhos d’água, aí compreendidos lagos e tanques de piscicultura, assim como as matas e alguns pequenos cultivos destinam-se à prática do agro-eco-turismo, entendida como a forma mais adequada para gerar riquezas e financiar a conservação do Meio Ambiente.

A base produtiva da M. Libânio Agrícola S.A. é constituída por Glebas, isto é, Pequenos Centros de Resultados (área com extensão média de cinco hectares = 50.000m²).

Um conjunto geograficamente determinado de Glebas, unidas por laços federativos, forma uma Fazenda.

Essas Fazendas, ligadas por meio de laços confederativos, formam a Empresa.

ESTRUTURA SIMPLIFICADA DA M. LIBÂNIO

  • Planta >
  • Gleba >
  • Fazenda >
  • Empresa >
  • CLIENTE

Cada Gleba é da responsabilidade de um homem, o qual se dedica à satisfação de seus verdadeiros clientes, que são os pés de cacau ou de seringueira plantados nessa Gleba, aos quais devem ser dispensados cuidados individuais, por meio do diálogo entre a planta e o ser humano que a assiste.

Distribuídas nas Fazendas, existem 119 casas, 02 escolas, instalações elétricas e hidráulicas, colocadas à disposição dos Integrantes de sua Equipe, sem ônus diretos, demonstrando a preocupação da M. Libânio com relação ao bem estar desses e à formação de novas gerações mais saudáveis, mais educadas mais produtivas e, portanto, moral e materialmente mais ricas.

Assim como cada Gleba possui um responsável, cada Fazenda tem um Empresário que, pessoalmente, coordena seus Glebistas (homens responsáveis pelas glebas) e integra os resultados do trabalho destes.

Por sua vez, os Empresários são coordenados e têm seus resultados integrados pelo Diretor Superintendente da M. Libânio Agrícola S.A.

Nessa estrutura horizontal não existem relações de “subordinação” entre os seres humanos. Existem apenas relações de coordenação, integração e liderança.

Se alguma hierarquia existe, esta repousa sobre:

  • a planta que deve desenvolver-se em harmonia com o solo e o ambiente circundante e,
  • o Cliente que adquire os produtos da Empresa e que deve estar satisfeito em termos de qualidade, custo e prazo.

Uma constante na M. Libânio é a busca de integração entre seus diversos negócios, por meio de tecnologias limpas que reciclem os dejetos e eliminem o desperdício, em todas as suas formas.


Rua Manoel Libânio da Silva, 100, Centro, Gandu - Bahia - Brasil | CEP 45.450-000